A inclusão das crianças num sistema de códigos de poder: a espera na educação infantil

#educaçaoinfantil

 

AutoraClaudia Medeiros*

 

Resumo:

Tomando como base a perspectiva de infância enquanto categoria social e as provocações de Félix Guattari frente aos mecanismos sociais de coerção em creches e pré-escolas, este artigo discute a prática da espera na Educação Infantil. Tal aspecto surgiu em meio a uma pesquisa que tinha como objetivo identificar diferentes concepções e práticas de infância dos adultos para com as crianças da Educação Infantil numa instituição situada na Região Norte do Brasil. Durante a pesquisa, práticas educativas emergiram e apontaram para a necessidade de discussões sobre aspectos que possam contribuir para a reflexão do trabalho com a infância na escola, a fim de que se rompa com a perspectiva da precoce inclusão das crianças num sistema de códigos de poder.

Palavras Chave: Educação Infantil, espera, códigos de poder, infância como categoria social, pesquisa com crianças.

Abstract: 

Based on the childhood perspective as a social category and the provocations of Félix Guattari of the social mechanisms of coercion in day care centers and preschools, this article discusses the practice of waiting in kindergarden. Such aspect came into a survey which aimed to identify different conceptions of childhood and adult practices to children of early childhood education in an institution situated in the North of Brazil. During the research, educational practices emerged and pointed to the need for discussions on aspects that can contribute to the work directed to children in school, in order that it breaks with the prospect of early inclusion in a power coding system.

Keywords: Childhood Education, Waiting, Coding system, Childhood perspective as a social category, Childhood research.

 
* Mestre em Educação Brasileira (2009) e Especialista em Educação Infantil (1996) pela PUC-Rio; Graduada em Pedagogia pelo Instituto Isabel – CCHS (1993). Sempre tra- balhou como professora e coordenadora de Educação Infantil; desde 1997 é Assessora Técnica na área de Educação Infantil do SESC, Administração Nacional, trabalhando junto às escolas desta instituição, em todo Brasil.
Añadir a favoritos el permalink.

Deja un comentario