Intervenção na educação brasileira em tempos de pandemia: a visão dos profissionais que estão na linha de frente do atendimento à comunidade escolar do IFSC no Brasil

#tempos_de_pandemia
Autoras:

Adriana Regina Vettorazzi Schmitt,* Jacinta Lúcia Rizzi Marcom,** Idianes Tereza Mascarelo***

 

Resumo:

A presente pesquisa objetiva discutir os impactos e analisar as estratégias utilizadas pelos profissionais das equipes pedagógicas dos 23 câmpus do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia (IFSC) do Brasil, para o enfrentamento da pandemia causada pela infecção pelo novo coronavírus (SARS-2) que causa a doença Covid-19. Essa investigação apresenta os dados coletados através de uma pesquisa de campo. De maneira geral, os principais impactos apontados pelos profissionais citados foram em relação às mudanças ocorridas na vida pessoal e familiar, dificuldades tecnológicas, bem como, efeitos psicológicos. A equipe pedagógica identifica as estratégias utilizadas para superação dos principais desafios que se estabeleceram na execução das atividades multidisciplinares. Destaca-se: a necessidade de um novo olhar diante do fazer profissional, de maneira a humanizar as relações educacionais. As consequências do trabalho pedagógico remoto atingem diretamente o cotidiano e a vida desses profissionais, sentimentos de angústia e instabilidade aparecem ligados à preocupação com o repensar do exercício da profissão, suas práxis educativas e também a reflexão sobre a necessidade de se reinventar enquanto profissionais de  educação no pós-pandemia.

Palavras-chave: Educação, intervenção social e humanística, pandemia de coronavírus, trabalho remoto na educação.

 

Abstract:

This research aims to discuss the impacts and analyze the strategies used by the professionals of the pedagogical teams of the 23 campuses of the Federal Institute of Education, Science and Technology (IFSC) in Brazil, to face the pandemic caused by the infection by the new coronavirus (SARS- 2) that causes Covid-19 disease. This investigation presents the data collected through a field survey. In general, the main impacts pointed out by the professionals cited were in relation to changes in personal and family life, technological difficulties, as well as psychological effects. The pedagogical team identify strategies used to overcome the main challenges that were established in the execution of multidisciplinary activities. It stands out: the need for a new look in the face of making professionals, in order to humanize educational relations. The consequences of remote pedagogical work directly affect the daily lives and lives of these professionals, feelings of anguish and instability appear linked to the concern with rethinking the exercise of the profession, their educational praxis and also the reflection on the need to reinvent themselves as education professionals in the post-pandemic.

Keywords: Education, social and humanistic intervention, coronavirus pandemic, distance work in education.
 
 

* Mestra em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT/IFSC) e Servidora Assistente Social do IFSC câmpus de São Miguel do Oeste – Santa Catarina-Brasil. E-mail: adrianarschmitt@gmail.com
** Mestra em Educação (PPGE/UNOCHAPECÓ). Pedagoga do IFSC. Contato: jacinta.marcom@ifsc.edu.br
*** Mestra em Educação (PPGEDU /UPF) . Pedagoga do IFSC. Contato: idianes.mascarelo@ifsc.edu.br

Añadir a favoritos el permalink.

Comentarios cerrados