É puxar o ar que não vem porque o que vêm são utopias–Notas sobre a respiração em tempos de pandemia da COVID-19

#tempos_de_pandemia
Autora:

Viviane Melo de Mendonça*

 

Resumo:

Vivemos em tempo de sufocamento. E isto não é uma metáfora. O sufocamento social, econômico e político tem seu paralelo no corpo vivido e psíquico. Os efeitos em nossos corpos e em nossa sociedade da COVID-19 trazem o tema da respiração em sua urgência. Em específico, a respiração como um tema de estudos para as ciências humanas e sociais e, particularmente, para os estudos da condição humana. Este ensaio pretendeu compreender a respiração em seu conteúdo político, tendo a pandemia de COVID-19 como cena de análise. Discorreu sobre o contexto contemporâneo e, em seguida, teceu mapas, rotas e trilhas para saídas propriamente afetivo-políticas e comunitárias da tese de que respirar é um ato político.

Palabras clave: Respiração, COVID-19, Neoliberalismo, Pandemia, Condição Humana.

 

Abstract:

We live in a time of suffocation. This is not a metaphor. Social, economic and political suffocation has its parallel in the lived and psychic body. The effects on our bodies and our society of COVID-19 bring the theme of breathing in its urgency. In particular, breathing as a subjetct of studies for the human and social sciences and, particularly, for studies of the human condition. This essay intended to understand breathing in its political content, taking the COVID-19 pandemic as the scene of analysis. Discussed the contemporary context and then wove maps, routes and trails for properly affective-political and community issues of the thesis that breathing is a political act.

Keywords: Breathing, COVID-19, Neoliberalism, Pandemic, Human Condition.
 
 

* Professora Associada do Departamento de Ciências Humanas e Educação, coordenadora do Núcleo de Estudos de Gênero, Diferenças e Sexualidades (NEGDS) e credenciada ao Programa de Pós-graduação em Estudos da Condição Humana (PPGECH) e Pós-graduação em Educação (PPGED) da UFSCar-Sorocaba. Psicóloga e Doutora em Educação. E-mail: viviane@ufscar.br

Añadir a favoritos el permalink.

Comentarios cerrados